Exercício físico orientado ajuda na luta contra o câncer







​​​​​​http://www.nucleodamama.com.br/noticias/estudo-vincula-atividade-fisica-a-menor-risco-de/estudo-vincula-atividade-fisica-a-menor-risco-de.jpg

O exercício físico orientado é um grande aliado para pacientes com câncer. Evidências cada vez mais abundantes mostram o benefício da prática regular e orientada do exercício físico nessa população, seja no âmbito da prevenção ou da terapêutica.

Quanto à prevenção, as evidências são significativas, sobretudo no que diz respeito à redução do risco de câncer de mama e de cólon. Há evidências consideráveis também para o câncer de próstata e alguma evidência para o câncer de pulmão, endométrio, estômago, fígado e rim.

Quanto aos efeitos terapêuticos, os benefícios estendem-se a todos os grupos. Além dos benefícios gerais associados à prática regular de atividade física, relativos à capacidade cardiopulmonar e metabólica, ao condicionamento musculoesquelético, à saúde mental, à imunidade e ao sono, há benefícios específicos em pacientes oncológicos:
  • Melhora a fadiga oncológica.
  • Melhora a qualidade de vida.
  • Auxilia o controle de peso que influencia a disponibilidade hormonal e a carcinogênese.
  • Contrapõe o efeito da depleção hormonal sobre o sistema musculoesquelético.
  • Reduz a recorrência e mortalidade em alguns cânceres.
Há também pesquisas envolvendo pacientes com câncer de mama, próstata, cólon, bexiga, útero e melanoma, que demonstram que a prática regular de atividade física contribuiu de forma significativa para a melhora da qualidade de vida. Recomenda-se ao menos 150 minutos de atividade física moderada por semana.

Para a realização segura do exercício, além da estratificação de risco cardiovascular usual para a prescrição do exercício, é necessária a avaliação e adequação diante das prevalentes alterações neuromusculares, hematológicas e linfáticas, ao uso de quimioterápicos cardiotóxicos, a quadros álgicos, aos cuidados relativos à presença de doença óssea metastática e à doença de base.​

COMENTE ESSE POST

Compartilhe no Google +

0 comentários: