Curta e Siga


Atividade física não precisa ser intensa para trazer benefícios




http://veja2.abrilm.com.br/assets/images/2010/11/21714/chegada-getty-home-corrida-size-598.jpg

Ainda há pessoas que sao totalmente sedentárias, que não praticam nenhum tipo de atividade física. Porém é importante esclarecer que atividades como passear com o cachorro, andar de bicicleta e subir escadas, quando praticadas regularmente, estimulam o bem-estar físico e mental e também reduzem, de forma eficaz, as consequências ligadas à inatividade.

O sedentarismo é um dos fatores de risco intimamente relacionado ao aparecimento de doenças respiratórias crônicas, hipertensão e distúrbios cardíacos, entre outras patologias. É importante salientar que quem optar por uma prática esportiva ou uma atividade específica para emagrecimento, por exemplo, deve procurar um profissional na área de educação física para receber as orientações adequadas, seguras e que tragam melhores resultados.

A atividade física deve ser realizada de maneira moderada e não precisa ser extenuante para trazer benefícios à saúde, tais como:

— Diminui o risco de desenvolver diabetes
— Reduz o risco de doenças cardiovasculares
— Ajuda a diminuir a pressão sanguínea
— Reduz o risco de desenvolver câncer de cólon
— Diminui a ansiedade e a depressão
— Ajuda a controlar o peso corporal
— Ajuda a manter ossos, músculos e articulações saudáveis
— Reduz o risco de desenvolver pressão alta
— Ajuda idosos a ficarem mais fortes, com melhor movimentação e menos quedas

Então, para quem está sedentário, vamos mudar alguns hábitos de vida, assim teremos mais qualidade no nosso dia a dia.





Dicas para Profissionais:
  • Curso Online de Atividade Física para Gestantes
  • Curso Online de Obesidade e Atividade Física
  • Curso Prescrição do Exercício para Idosos baseado em Evidências Científicas
  • Curso Online Hidroginástica "Consciência e Movimento"

  • Nos Siga nas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, Youtube . Adicione no grupo do Whatsapp

    Deixe seu comentário e nos marque(@Sua Saúde) pra gente ver:

    Nenhum comentário