Entre em forma no verão com as lutas marciais







Boxe beneficia os músculos dos braços, das pernas e do abdômen, além de melhorar o reflexo. Foto: Shutterstock/Terra

Para conquistar um corpo bem definido neste verão, além dos exercícios físicos comuns das academias e daquela dieta balanceada (e muitas vezes chata), a prática de lutas marciais tem sido uma grande aliada dos homens e das mulheres que desejam entrar em forma durante a estação mais quente do ano. Afinal, existem modalidades que podem mandar para bem longe mais de mil calorias por aula.

E a perda de peso não é o único benefício das lutas, que se tornaram febre em todo o país. Independentemente do tipo escolhido, elas aumentam o condicionamento físico e cardiovascular, tonificam os músculos dos braços, das pernas e do abdômen, melhoram a coordenação motora e ensinam métodos de defesa pessoal.

"A luta marcial é um esporte muito completo, que trabalha com a força, a resistência e a flexibilidade, promovendo um gasto calórico enorme e atuando também como uma válvula de escape para o estresse. Quem pratica, em vez de dar um soco no chefe, pode liberar a raiva esmurrando o saco", brinca Bruno Santos Feitosa, professor de Educação Física, pós-graduado em Treinamento Desportivo pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e personal trainner nas academias Forma Ativa e Reebook Sports Club, ambas de São Paulo.

A boa notícia é que a maioria das artes marciais pode ser praticada por pessoas de todas as idades. Desde crianças a vovôs e vovós, todos são bem-vindos, desde que tenham o acompanhamento adequado, sigam as orientações do profissional e respeitem os limites do próprio corpo.

"Como a luta é muito intensa, os iniciantes devem praticá-la de uma forma gradativa para evitar dores musculares no dia seguinte. Além disso, é fundamental a ingestão de líquido para garantir a hidratação", recomenda Eduardo Okuhara, professor do curso de Educação Física da Universidade Metodista de São Paulo.

Outra dica importante é não deixar de lado os cuidados na hora de escolher os alimentos, que são a fonte de energia de quem pratica qualquer tipo de exercício físico, pois de nada adianta um treinamento eficaz se não houver uma alimentação saudável e completa por trás.

E aí, gostou da ideia de entrar em forma com chutes, socos e agarrões? Então saiba mais sobre as principais modalidades de lutas marciais oferecidas e escolha a que mais faz o seu estilo.

Boxe
O treino não consiste apenas na luta em si, mas também na realização de exercícios para o preparo físico, como flexões, abdominais e corrida, que beneficiam os músculos dos braços, das pernas e do abdômen, além de melhorarem o reflexo. Em cada aula, de aproximadamente uma hora, é possível eliminar 800 calorias.

Muay Thai (boxe tailandês)
Com a prática do Muay Thai ,os iniciantes podem gastar cerca de mil calorias em uma hora de luta. Assim como no boxe, a modalidade valoriza o preparo físico, acelerando a circulação e fazendo com que o curso sanguíneo seja mais rápido. As articulações têm um papel importante no esporte. Por isso, punhos, cotovelos e canelas são muito trabalhados.

Jiu-jitsu
Luta de contato, que exige concentração, esforço físico intenso e respostas rápidas do corpo. Cada aula é capaz de queimar mil calorias, além de promover o aprendizado de técnicas de defesa pessoal.

MMA (vale-tudo)
Impulsionado pelo sucesso do UFC (Ultimate Fighting Championship), o MMA tem feito a cabeça de quem quer emagrecer. Por ser uma mistura de todas as artes marciais, o esporte é dinâmico e tem treinos bem intensos, capazes de queimar mais de mil calorias.

COMENTE ESSE POST

Compartilhe no Google +

0 comentários: