Avaliação ajuda a determinar o melhor atividade física







Com a proximidade do verão, muita gente corre para as academias em busca do tempo perdido. Segundo a educadora física e personal trainer Lívia Vasconcellos, 24 anos, a perda de peso e o ganho de massa muscular são os dois principais objetivos de homens e mulheres que procuram as academias, principalmente neste período do ano.

Ela ressalta, no entanto, que a prática de atividade física pode garantir outros benefícios, como a melhora de condicionamento físico, o aprimoramento de performance em modalidades esportivas, o combate ao estresse e até educação postural.

"Independente do objetivo, é importante lembrar que antes de frequentar a academia, o aluno deve passar por uma avaliação médica para saber se ele está apto para a prática de atividade física, e uma avaliação, para que o seu condicionamento atual seja analisado", afirma a educadora física.

Por meio da avaliação, o profissional de Educação Física pode identificar o estado atual do condicionamento muscular e cardiorrespiratório, além de analisar o percentual de gordura corporal.

"A avaliação física pode ter uma grande importância para direcionar o educador físico na escolha do tipo de treino mais adequado ao objetivo do aluno na academia. Se o objetivo for a perda de peso e definição muscular, podemos investir mais nas atividades aeróbicas, de musculação e exercícios localizados", completa Lívia.

Meta atingida

A estudante Sofia Ponce Aspanti, 17 anos, frequenta a academia há dois anos e executa o seu treino totalmente estruturado em seus objetivos e resultado de sua avaliação física. "Minha principal meta ao iniciar a atividade em uma academia era perder peso. Porém, na primeira avaliação, percebi que tinha muito pouco condicionamento físico. Não aguentava correr na esteira por muito tempo", conta a estudante.

Durante esse período ela frequentou a academia 5 vezes por semana, em treinos de até duas horas. Além das atividades aeróbicas como esteira, transport e bicicleta, ela também realiza exercícios de musculação, ginástica funcional e não dispensa o alongamento para relaxar a musculatura ao final do treino.
"Além de emagrecer, notei outros ganhos, como melhora de condicionamento e fortalecimento", diz.

Avaliação física pode evitar riscos

Medidas de circunferência abdominal, resistência aeróbica, flexibilidade e desvio postural são alguns dos fatores verificados em uma avaliação física.

"Essa avaliação tem como principal objetivo coletar, analisar e classificar os dados desses alunos para então nortear o treino do professor", explica o educador e avaliador físico Eric Figueiredo, 24.

Segundo ele, essa avaliação pode, inclusive, ser direcionada para casos específicos como idosos e hipertensos.

"Em todos os casos, a não realização dessa avaliação pode implicar em riscos, pois, sem esse parâmetro para montar o treino ideal, o condicionamento do aluno fica subestimado e ele pode estar mais suscetível às lesões", completa.

Em outras situações a avaliação física pode detectar diferenças na simetria corporal e ajudar na correção de desvios posturais. É o caso do estudante Rafael Carvalho, 19. Quando decidiu mudar de academia, há 3 meses, foi alertado, após uma avaliação, que apresentava uma protusão de ombros, ou seja, os ombros inclinados para a frente.

"Me indicaram exercícios de correção junto com os de fortalecimento para ombros e peitoral", conta.

Veja o que fazer antes de começar

• O primeiro passo antes de iniciar uma atividade física é realizar uma avaliação médica. Um especialista em fisiologia pode apontar possíveis patologias e verificar se cada paciente estará apto para a prática de atividade esportiva;

• Feita a avalição médica, faça também uma avaliação física. O educador físico deve checar características como composição corporal (massa gorda e muscular), históricos como doenças, cirurgias e hábitos como o tabagismo;

• Simetria corporal, análise digital da postura e capacidades como flexibilidade, respiratórias e cardíacas também devem ser avaliadas;

• Alunos com histórico de diabetes, hipertensão e idosos devem ser submetidos a avaliações específicas e treinos adequados;

• Durante a avaliação, o aluno deve relatar os hábitos diários e principalmente os objetivos buscados na academia, como emagrecimento, ganho de massa muscular ou alívio de estresse.


COMENTE ESSE POST

Compartilhe no Google +

Um comentário:

  1. A Atividade é Fundamental em nossas vidas, e eu tbm acho que ela está associada em muitas de nossas ações, tais como humor e bem estar!
    É muito bom pode fazer uma academia realmente boa, que tenha ótimos beneficios, eu particularmente sou fã da Companhia Athletica, e acho que ela me faz muito bem, uma troca de favores podemos dizer, e eu indico para muitas pessoas..
    Continue assim que seu blog está ótimo, Beijos!

    ResponderExcluir