Surf como esporte








Vantagens 
- É um execelente exercício cardiovascular.
- Trabalha todos os grupos musculares.
- Desenvolve o equilíbrio e a coordenação motora.
- É um esporte praticado em contato com a natureza.

Riscos
- Se praticado sem o devido alongamento e aquecimento da musculatura, o surfe pode provocar lesões nos ombros (por causa da remada), nos tornzelos e nos joelhos.

Precauções
- Saber nadar.
- Usar bloqueador solar.
- Conhecer as condições do mar antes de entrar.
- Beber muita água antes de depois da prática do surf.
- Fazer refeições leves antes de entrar na água.
- Como o surfe depende de tempo e oportunidade para ser praticado, o surfista deve manter outra atividade física, como a musculação ou a natação.

Equipamentos
- A escolha de uma boa prancha é indispensável para o bom desempenho deste esporte. Recomenda-se aos iniciantes os modelos maiores, chamados de long boards, que podem ser encontrados nas boas lojas do ramo ou feitos por encomenda. 

Período mínimo para fazer efeito
- Com aulas pelo menos duas vezes por semana, em cerca de um mês, o iniciante já está em condições de entrar no mar e ficar em pé sobre a prancha. 

Quem deve fazer 
- A prática é indicada para pessoas a partir dos cinco anos de idade, que saibam nadar e que tenham feito exames médicos para avaliar as condições físicas e cardiovasculares. 

Dicas da especialista
Freqüentar uma boa escola de surfe é fundamental para o bom desempenho e para a segurança deste esporte. Na escola, o aluno aprende o surfe passo a passo, fica sabendo como se alongar adequadamente, descobre seu ponto de equilíbrio, recebe noções dos movimentos básicos, tem acompanhamento no mar e aprende a conhecer o mar, os ventos e as marés, estando apto a idententificar os locais e os momentos mais apropriados para praticar o esporte.

Vinícius Penna (Professor de Educação Física e de Surfe).

COMENTE ESSE POST

Compartilhe no Google +

0 comentários: