Cuidados para contratar um personal trainer







  UOL

Atualmente o termo "personal" está dando um certo status para uma profissão conhecida há muito tempo: o velho, mas eficiente, professor particular. 
Hoje em dia, temos professores particulares para quase todo tipo de coisa, até para aprender a se vestir! Mas vou falar particularmente do personal trainer, que é o professor de educação física, mas com especialização na área de treinamento individual ou personalizado. Digo eficiente, porque normalmente as pessoas procuram o particular quando percebem que não estão tendo resultados satisfatórios numa aula normal ou digamos, coletiva. 

Realmente por mais competente que seja o professor, não é possível dar total atenção a cada aluno, de uma turma de 10 ou mais indivíduos. E é aí que está a diferença: o personal trainer estará lhe dando atenção exclusiva o tempo todo. Quanto mais tempo juntos, mais informações vocês estarão trocando e assim, mais dados a seu respeito ele vai ter. Isso é muito importante e vai permitir que ele lhe oriente de forma muito mais abrangente, considerando inclusive, seu estado psicológico, seu humor, etc. A partir daí que os resultados serão mais facilmente alcançados. Para que o professor chegue a esse ponto, é claro que é necessário que haja muita confiança entre professor/aluno.

Como contratar então, uma pessoa em quem você vai confiar seu corpo e sua saúde? Alguém para lhe ensinar a conhecer e cuidar de si mesmo? 
Uma escolha mal feita pode acarretar danos à sua saúde e com a abertura desse mercado, infelizmente, muitos sem a qualificação necessária, estão oferecendo esse serviço.

Por isso antes de qualquer contratação, certifique-se que o professor tem formação universitária em Educação Física, especialização em "personal training" e verifique suas referências. Você também pode consultar o Conselho Federal de Educação Física.

O personal trainer deve ter conhecimento nas áreas de anatomia, fisiologia do exercício, biomecânica, avaliação física, psicologia do esporte, e conhecimento específico para a prescrição de exercícios para grupos especiais (como cardíacos, hipertensos, obesos, etc).

Deve estar preparado para trabalhar com as necessidades específicas de cada um e respeitando suas individualidades biológicas; fazer um trabalho multidisciplinar, sempre em conjunto com o médico, o nutricionista, fisioterapeuta, psicólogo ou qualquer outro profissional da área da saúde que seja necessário dentro dos objetivos do aluno.

O personal trainer não exige lugar específico para trabalhar, e nem promete resultados milagrosos. Deve ser um bom ouvinte e estar sempre atento as suas solicitações.

Quem contrata um personal é porque não está contente com sua forma física, qualidade de vida, ou não tem tempo de ir a uma academia, não gosta, tem poucos horários disponíveis ou precisa de muita motivação, por todas essas razões o personal não deve ser do tipo que falta, cancela ou transfere as aulas a toda hora.

Mesmo que seu objetivo seja só a estética, ele deve montar seu programa, colocando sua saúde em primeiro lugar.

É aconselhável fazer um contrato de prestação de serviços, onde constará, número de aulas na semana, duração, horários, valores e todos os detalhes que ambos, professor e aluno, acharem necessário, pois muitas vezes, cria-se também uma relação de amizade e ambas as partes acabam sem coragem de cobrar algo que foi combinado e que não esteja sendo cumprido.

Essa relação de amizade é muito gratificante, mas não deve interferir na relação profissional.

Além de ensinar os exercícios, o personal trainer deve passar noções de consciência corporal e mostrar ao aluno como e o que está acontecendo com seu corpo.

As aulas devem sempre proporcionar bem-estar e qualidade de vida. O professor deve estar ligado em você todo o tempo e por esse motivo os resultados são, no mínimo, 30% mais eficientes.

O bom profissional está sempre atualizado e embasado em pesquisas científicas.

Apesar da aparência não refletir a competência de uma pessoa, o professor deve manter-se ativo, em boa forma física e vestido adequadamente, afinal o aluno se espelha no professor!

Serviço de personal trainer em geral inclui 

- A escolha do horário conforme a necessidade do cliente

- A montagem do programa 

- O acompanhamento 

- As orientações totalmente individualizadas 

- As modificações necessárias feitas a cada aula, ou seja, estar sendo avaliado a cada dia 

- Variar as modalidades sem perder seu objetivo 

- Geralmente o personal tem todo o material necessário (colchonete, bola, halteres, barrinhas, caneleiras, frequencímetro, elásticos, etc). Os elásticos são ótimos substitutos dos pesos, pois eles oferecem uma resistência graduada, do leve ao bem forte, e é possível utilizá-los para uma grande variedade de exercícios. Fica faltando apenas os aparelhos para exercícios aeróbios (esteira ou bicicleta), mas que serão feitos na ruas, parques, praças...

- Variar os locais de treino (em casa, no clube, na praça) 

- Ter sempre uma pessoa para incentivá-lo, motivá-lo, fazendo com que você não perca as aulas mesmo quando não estiver com muita disposição

- Finalmente a possibilidade de exclusividade, um professor que pode acompanhá-lo em viagens ou sempre disponível no caso de horários irregulares

COMENTE ESSE POST

Compartilhe no Google +

0 comentários: