Desintoxicar o organismo e reeducação alimentar







Se você não resistiu às delícias gastronômicas das festas de final de ano, se excedeu nas bebidas e agora está com um enorme sentimento de culpa por ter cometido tanto exagero, saiba que uma alimentação desintoxicante pode amenizar o estrago que esse período de mesa farta muitas vezes provoca.
É muito comum nessa época do ano as pessoas ganharem peso, principalmente porque para muitos, além das festas comemorativas, o período de férias faz com que haja um descuido com a alimentação. Sorvetes, refrigerantes, bebidas alcoólicas, frituras e guloseimas à beira-mar passam a fazer parte do cardápio de muitas pessoas.
Para que o organismo se recupere de tanta agressão, é importante haver nos dias seguintes um repouso e uma alimentação adequada à base de alimentos e bebidas leves. O processo de desintoxicação envolve a retirada de alimentos industrializados do cardápio, além de alimentos refinados, ricos em sal, cafeína, açúcares e aqueles providos de aditivos alimentares e gorduras prejudiciais à saúde.
O objetivo é eliminar do cardápio, por alguns dias, todos os compostos que comprovadamente prejudicam o organismo, causando inchaço, elevando as taxas de colesterol e triglicérides e propiciando o aumento de gordura corporal.
Mas... durante quantos dias?
Esse tipo de alimentação pode ser usado somente por períodos curtos, ou seja, por até 3 a 5 dias, pois pode comprometer a saúde, uma vez que geralmente não existe um equilíbrio nutricional e as necessidades individuais de cada pessoa muitas vezes não são atendidas plenamente. Dessa forma, este tipo de dieta é contra-indicada para grávidas, idosos, crianças e pessoas com doenças cardíacas, hipertensão arterial, diabetes, etc.
Dieta desintoxicante saudável
Uma dieta de desintoxicação saudável deve ser baseada em frutas, vegetais e líquidos, e deve estar sempre associada a alimentos protéicos de baixas calorias.

Veja a seguir, algumas dicas de como praticá-la:
- Consuma muitas frutas, hortaliças e sucos de frutas ao longo do dia (à vontade); não consuma batata, mandioca, abacate e beterraba;

- Tempere a salada com limão, ervas, vinagre e utilize pouco sal;

- Faça sucos naturais, sem açúcar;

- Pela manhã, não deixe de consumir 1 copo de leite ou iogurte desnatado;

- Coma 1 porção (100g) de carne magra no almoço e outra no jantar (peixe ou frango sem pele); prepare-os cozidos ou grelhados;

- Consuma duas porções de cereais integrais (granola, barrinha de cereal, aveia, etc);

- Tome muito líquido durante o dia (pelo menos 2 litros). Vale água, água de coco e chás sem açúcar;

- Uma dica preciosa é consumir os chás derivados da planta Camellia sinensis (chás verde, branco ou vermelho) que por serem diuréticos ajudam na eliminação de toxinas pelo corpo mais rapidamente;

- Alimente-se de 3 em 3 horas.
Reeduque sua alimentação
Após o processo de desintoxicação, é importante retomar a alimentação equilibrada, que oferece todos os nutrientes que o organismo necessita para a manutenção do peso corporal, além da saúde física e mental. Se você está acima do peso e precisa reeducar os hábitos alimentares, veja a seguir algumas dicas que poderão ajudá-lo(a):
- Faça algumas trocas como laticínios integrais por desnatados/lights e queijos amarelos por queijos magros.

- Prefira carnes magras (peixe e peito de frango são os mais adequados), dando preferência aos grelhados, assados e cozidos.

- Corte as frituras do cardápio.

- Os doces são muito calóricos, então prefira as frutas e gelatina diet na sobremesa.

- Antes de devorar o prato principal, coma um belo prato de salada, e não esqueça também de aumentar a ingestão de frutas e água (pelo menos 8 copos ao dia). Chá verde gelado pode ser uma ótima opção nesses dias quentes.

- Mexa-se: exercícios espontâneos (subir escadas, por exemplo) e programados (caminhar, pedalar, nadar, etc) são fundamentais para a saúde e conquista do novo peso.

Mais informações: www.jocelemsalgado.com.br


COMENTE ESSE POST

Compartilhe no Google +

0 comentários: