Risco da musculação na infância







Os adolescentes de ambos os sexos estão entrando numa fase em que o corpo avantajado e com os músculos bem delineados são "lindos" nos dois sexos. Este fato tem levado para as academias de ginástica legiões de crianças ainda não completamente desenvolvidas para praticarem exercícios massacrantes para ficarem "bem" perante a "turma". Este fato por si só já seria contra-indicado, pois o aumento exagerado da massa muscular na fase de crescimento, atrapalha o crescimento dos membros, fazendo com que o menino ou a menina fiquem um pouco aquém da altura prevista geneticamente. Isto não é tudo, pois existe o risco dos anabolizantes, as chamadas "bolinhas", as "bombas" para tornar o menino ou a menina num HULK patrício em 2 a 3 meses.
O uso destas bombas acaba por acarretar nos meninos: afinamento da voz, desenvolvimento dos seios, queda de cabelo. Nas meninas poderemos encontrar aparecimento de pêlos, engrossamento da voz, masculinização no andar e no agir.
Porque os adolescentes apelam para os anabolizantes? Muitos destas crianças não querem malhar 6 meses para adquirir aquele "corpo", preferem usar as "bombas" e adquiri-lo em dois meses.
Infelizmente estes meninos e meninas não sabem que o aumento da massa muscular obtida desta maneira, desaparece em poucos meses se as "bombas" pararem de serem ingeridas. Não podemos esquecer também da profilaxia da AIDS. Em muitas destas "academias", a aplicação destes anabolizantes é feita em conjunto , compartilhando seringas e o risco da AIDS e Hepatite.
Em alguns relatos encontramos pessoas recebendo mais de 30 vezes os teores normalmente produzidos do hormônio por um homem saudável.
Para os meninos gostaríamos de lembrar que o uso continuado do anabolizante, leva a uma semi-atrofia testicular com afinamento da voz e queda dos pêlos e diminuição do desejo sexual. A pele destes adolescentes se torna áspera, as estrias são mais freqüentes, a calvície surge ou se acentua, nas mulheres aparece queda dos cabelos. A agressividade aumenta tanto nos homens como nas mulheres e nestas costuma haver aumento no clitóris e alterações no ciclo menstrual. A pressão arterial se eleva um pouco e aumenta o depósito de gordura nas artérias. Gradativamente os homens vão apresentando aumento das mamas. Quando em fase de crescimento leva ao fechamento precoce das cartilagens dos ossos do crescimento bloqueando o mesmo e fazendo com que o adolescente fique com menor estatura.
Existe uma predisposição destes usuários de desenvolverem tumores hepáticos. Nunca se iludir, pois no início do uso do anabolizante, pode haver um ligeiro estímulo ao apetite sexual, mas com o tempo a queda é importante.
Alem dos anabolizantes costumam usar também o hormônio de crescimento, que terá efeitos semelhantes, mas como o seu custo é muito elevado poucos terão condições de usá-lo.
Enfim um conselho aos jovens: pratiquem esportes, façam exercícios, "malhem" a vontade, mas não façam uso de droga para obter a falsa impressão de que estão saudáveis e "fortes".


COMENTE ESSE POST

Compartilhe no Google +

3 comentários:

  1. me dê referencias de livros que fala que crianças não crescem após começarem academia.

    ResponderExcluir
  2. Aonde vc leu que crianças não crescem após começarem academia?

    E identifique-se.

    Postar como anonimo e pedir indicação não é legal.

    Abs

    Dani

    ResponderExcluir
  3. Olá!! Meu nome é Denis Hiroo Kawauchi sou fisiologista e gostaria de comentar seu texto...ok!
    Bom, minha opinião sobre seu texto é que foi bem escrito e bem elaborado, mas o tema propoto por voce não condiz com o título, pois em seu texto consta o mal que causa os anabolizantes vendidos em academias e o uso deles, mas nenhuma referência cientifica sobre o mal de realizar exercícios em aparelhos de musculação para crianças. Outro ponto observado é que no título voce coloca crianças e na base do texto se refere a adolescente e crianças simutaneamente, há uma grande diferença ai. O exercício em academia é benefico sim, mas tudo depende de como é realizado, se esta sendo respeitando a carga e a intensidade para a idade do praticante, sem contar que tem que ter o planejamento e acompanhamento físico e fisiologico constante. Para finalizar no meu ponto de vista e cientifico é possivel sim crianças fazer exercícios de musculação, mas tudo depende como é realizado e com qual objetivo. Grande abraço!! Ah!! antes que pense!! Não fui eu que postei anônimo..ok!!

    ResponderExcluir