A importancia da anatomia para profissionais da área de saúde







A anatomia é a ciência que estuda, macro e microscopicamente a constituição e o desenvolvimento dos seres organizados; sendo
ainda, uma disciplina da maior importância para as ciências da vida e da saúde. O ato de ministrar aulas de Anatomia Humana é maior
que o conjunto de estruturas biológicas que compõem o corpo humano.

Através dos séculos, o estudo da anatomia não foi só mesclado com imposições da Igreja mas também com o fato dos cadáveres se deteriorarem facilmente e não haver um método de conservação, usando-se, assim, cadáveres frescos conservados por meio de divisões seqüenciais das camadas de músculo e da remoção de
estruturas e da aprendizagem da anatomia por experiências visuais e táteis. Nosso conhecimento de informação anatômica tem
sido grandemente aumentado  através de novos e requintados métodos técnicos.

O produto mais usado universalmente para conservação dos cadáveres para estudo é o formol e entre suas principais aplicações está o
embalsamamento de peças anatômicas.  A dissecação fornece ao estudante conhecimento direto no cadáver que o habilita a conhecer a anatomia do vivente.

A análise do cadáver é extrapolada para o conhecimento do vivente, no todo e em suas partes, porém, os líquidos fixadores e embalsamadores, em variados graus, modificam o aspecto normal do corpo e dos órgãos. Profissionais da área da saúde, técnicos de patologia e histologia, professores e estudantes que manuseiam espécimes preservados estão potencialmente em alto risco de exposição.

Portanto, falar da importância da anatomia para estudantes e profissionais da área da saúde é falar da importância da base de um prédio para toda a construção.

COMENTE ESSE POST

Compartilhe no Google +

0 comentários: