Exercício Físico e Diabetes







Desde a demonstração inicial do efeito depressor sobre a glicose, o exercício tem sido considerado um importante componente no tratamento do Diabetes Mellitus (DM). Ele pode diminuir a dosagem de insulina no tipo insulino-dependente (DMID) e auxilia no equilíbrio da glicemia, desde que o diabético tenha um metabolismo estável. No caso do tipo não insulino-dependente (DMNID), os benefícios do exercício parecem mais eficazes, desde que o indivíduo submeta-se a uma dieta adequada, pois na sua maioria são obesos.

Com relação aos efeitos a longo prazo, não existem estudos que comprovem o retardo do surgimento das complicações neurológicas e vasculares, porém a atividade física regular reduz os níveis de triglicerídeos e colesterol total (inclusive o LDL), pode reduzir a pressão arterial, aumenta a capacidade cardio-respiratória, melhora a mobilidade articular, aumenta a auto-estima, reduz os níveis de ansiedade e auxilia na redução da gordura corporal, efeitos que determinam melhor qualidade de vida.

É importante que o diabético submeta-se a uma avaliação médica adequada antes de iniciar um programa de exercícios, saiba fazer o autocontrole da glicemia, faça a atividade física acompanhado e não esqueça de ter sempre a mão algum doce(bala, chocolate...) para evitar a hipoglicemia. A hipoglicemia (glicose baixa no sangue) manifesta-se por sensação de fome, palidez, sudorese, tonturas, aumento dos batimentos cardíacos e alterações de comportamento.

É fundamental o diabético seguir rigorosamente o tratamento clínico recomendado, seja ele medicamentoso (Insulina ou hipoglicemiantes orais) ou não (dieta), pois o Exercício é um coadjuvante no tratamento da DM. A prescrição da atividade física para o DMNID segue os mesmos princípios do indivíduo sadio, enquanto que no DMID é importante considerar o intervalo de tempo entre a injeção de insulina e o exercício, tipo de insulina, o local da injeção, o horário da última refeição, a intensidade e a duração do exercício.


COMENTE ESSE POST

Compartilhe no Google +

0 comentários: