5 cursos online sobre Atividade Física para Grupos Especiais



O profissionais de Educação Física precisa estar preparado para atuar com atividade física para grupos especiais.  É  preciso entender como classificamos e agrupamos os indivíduos que fazem parte dos chamados Grupos Especiais, pois é a partir daí que vamos determinar como será a prescrição do treino de cada cliente e, principalmente, como vamos controlar as variáveis do treinamento do início ao fim de cada sessão.

Para facilitar o entendimento e grupamento dos indivíduos que compõem os grupos especiais, podemos dizer de um modo geral que todo indivíduo que apresenta algum problema de saúde ou condição de caráter irreversível ou não, que interfira diretamente na prática esportiva ou que apresente cuidados específicos para participar de um programa de exercício físico, se encaixa em alguma população de grupos especiais.

Abaixo, listei 5 cursos online direcionados para cada população especial que o profissional de Educação Física pode trabalhar.  Para saber mais sobre o curso, basta clicar no título:

Curso Online de Prescrição de exercícios para renais crônicos

Descrição do curso: O curso Prescrição de Exercícios para Renais Crônicos  oferece ao profissional de Educação Física conhecimentos sobre etiologia da insuficiência renal,..

Curso Online de Atividade Física para Gestantes

Descrição do curso: Praticar exercícios durante a gestação é importante, pois eles promovem o tônus muscular, a força e a resistência, o que ajudará o corpo da gestante a carregar...

Curso Online de Prescrição de exercícios físicos para portadores de HIV

Descrição do curso: O curso trata da prescrição de exercícios físicos para portadores de HIV e aborda a evolução do vírus, transmissão, tratamento, qualidade de vida do paciente,...

Curso Online de Atividade Física e Envelhecimento

Descrição do curso: O curso Atividade Física e Envelhecimento, por meio da Educação a Distância, oferece ao profissional de Educação Física conhecimentos sobre envelhecimento,...

Curso Online de Obesidade e Atividade Física

Descrição do curso: O curso Obesidade e Atividade Física, por meio da Educação a Distância, oferece ao profissional de Educação Física conhecimentos sobre obesidade, anorexia,...

Avaliação e benefícios para atividade física em Idosos


Ao avaliarmos o indivíduo idoso, devemos ter claro quais são suas perdas principais e como elas afetam sua qualidade de vida. Lembrando que a função principal do nosso trabalho é permitir que a pessoa faça e continue fazendo aquilo que é importante para ela mesma em termos de funcionalidade e independência.

Uma vez que o indivíduo é avaliado e são determinadas quais as perdas, o programa deve ter como objetivo:

1 – prevenir ou retardar a progressão de alguma doença crônica;
2- manter ou aprimorar os níveis de aptidão cardiorrespiratória (capacidade funcional);
3- prevenir as limitações e incapacitações funcionais (flexibilidade, força, coordenação, equilíbrio).

De posse dessas informações, um programa de exercício físicos para essa população deve ser global – exercícios resistidos, aeróbios, equilíbrio, flexibilidade – levando em consideração o índice de envelhecimento. Caso haja alguma necessidade específica resultante do processo de envelhecimento, você pode dar maior ênfase a um determinado tipo de treinamento, mas sem deixar de trabalhar outros componentes.

No processo de envelhecimento, temos duas distinções: a senescência, que seria o "somatório de alterações orgânicas, funcionais e psicológicas do envelhecimento normal" e a senilidade, "afecções que frequentemente acometem a pessoa idosa" .

Os exercícios nos dois casos vêm como atividades que podem prevenir a ocorrência do aumento de alterações funcionais e estruturais do envelhecimento normal, como perda da mobilidade articular, diminuição da força, mas também nas condições patológicas como a obesidade, hipertensão, diabetes, dentre outras. Além disso, oferecem benefícios sociais relevantes como o aumento das relações sociais, diminuindo o risco de depressão, ansiedade, tristeza pela solidão e também proporcionando a manutenção da autoestima e bem-estar.

Conheça o curso "Prescrição do Exercício para Idosos baseado em Evidências Científicas"

O Curso Online é voltado para Profissionais da Educação física que buscam ampliar seus conhecimentos em Prescrição de Exercícios para Pessoas com mais de 60 anos. O Curso foi desenvolvido baseado em Evidências Científicas recentes e está dividido em 11 módulos. Clique aqui para saber mais!

Como incorporar as atividades físicas à rotina do cotidiano?


https://cdn.atividadesfisicas.com.br/wp-content/uploads/2013/01/Roupas-Atividades-Fisicas.jpg


As atividades físicas podem ser definidas como qualquer movimento corporal que implique em um gasto de energia, por isso, ser uma pessoa fisicamente ativa não implica em ser um frequentador de uma academia de ginástica ou ser praticante de um determinado esporte. Os benefícios da prática regular das atividades físicas são inúmeros, tanto na esfera orgânica como mental.

Redução da pressão arterial, melhora dos níveis do colesterol e de suas frações, diminuição da glicemia (taxas de açúcar no sangue) e do peso corporal, são alguns dos benefícios observados. Uma diminuição dos níveis de estresse e ansiedade, além de uma melhora da auto-estima e dos sintomas depressivos, são consequências observadas na esfera psíquica de quem pratica regularmente atividades físicas.

Dicas para incoporar as atividade físicas à rotina cotidiana:

- Procure se organizar para realizar uma caminhada de pelo menos 30 minutos na maioria dos dias da semana. O ideal é totalizar 150 minutos de atividades físicas semanais.

- Caminhe ou pedale ao invés de dirigir, sempre que possível, inclusive para ir à escola ou ao trabalho.

- Suba as escadas ao invés de utilizar o elevador.

- Procure descer do ônibus alguns pontos antes. Finalize o trajeto até o seu destino final caminhando.

- Estacione em vagas mais distantes, de modo a caminhar o restante do percurso.

- Invista em algum equipamento de ginástica, como um esteira ou bicicleta ergométrica, para realizar atividades físicas em sua casa. Que tal assistir o jornal ou o seu programa de TV predileto caminhando ou pedalando?

- Muitas pessoas conseguem obter regularidade em suas atividades física realizado-as pela manhã, antes de iniciar as demais atividades do dia.

- Procure realizar a maior parte das atividades domésticas, como limpeza, lavagem do carro, regar as plantas ou cuidar do jardim.

Quais são os maiores benefícios da atividade física para idosos?


 

Atualmente, percebemos o quanto que o exercício regular vem sendo reconhecido como essencial. Já se sabia, por exemplo, da importância da atividade física durante a infância. Apesar de várias discussões acadêmicas a respeito da Educação Física Escolar, hoje se tornou um cenário corriqueiro ver as famílias direcionando seus filhos à prática do esporte desde novos.

Durante a adolescência infelizmente esses números caem, pois é uma época em que o jovem está dedicado aos estudos, culminando na graduação ou na entrada no mercado de trabalho.

Na fase adulta, os cuidados com a família e a dedicação ao trabalho com carga cada vez maior de envolvimento impede muitos de ter como rotina a prática de exercícios físicos. Quando chegamos ao envelhecimento, normalmente considerado pelo marco etário de 60 anos em países como o Brasil, vemos o distanciamento dessas pessoas às práticas regulares de atividade física.

Com o passar dos anos, temos alterações funcionais e estruturais que podem comprometer o desenvolvimento e o dia a dia dos indivíduos que estão envelhecendo. As principais seriam alterações sensoriais, as doenças ósseas, cardiovasculares e o diabetes (Ruwer, Rossi&Simon, 2005). Vale ressaltar também que o processo de envelhecimento não é sinônimo de doença.

No processo de envelhecimento, temos duas distinções: a senescência, que seria o "somatório de alterações orgânicas, funcionais e psicológicas do envelhecimento normal" e a senilidade, "afecções que frequentemente acometem a pessoa idosa" (Papaléo Netto, 2006, p. 10). Os exercícios nos dois casos vêm como atividades que podem prevenir a ocorrência do aumento de alterações funcionais e estruturais do envelhecimento normal, como perda da mobilidade articular, diminuição da força, mas também nas condições patológicas como a obesidade, hipertensão, diabetes, dentre outras. Além disso, oferecem benefícios sociais relevantes como o aumento das relações sociais, diminuindo o risco de depressão, ansiedade, tristeza pela solidão e também proporcionando a manutenção da autoestima e bem-estar.

Será que você está Preparado para Prescrever Exercícios para Pessoas Idosas? Conheça o Curso Online "Prescrição do Exercício para Idosos baseado em Evidências Científicas". Clique aqui!

Atividades físicas para gestantes

 http://bossamae.com.br/novo/wp-content/uploads/2014/10/atividades-f%C3%ADsicas-para-gestantes.jpg

Atividades físicas são muito recomendadas para as gestantes, porque traz vantagens tanto para o bebê quanto para a mãe. Se a mulher já faz exercício físico, como correr, por exemplo, é um mito que deve parar de fazer essa atividade. Na verdade, ela deve reduzir entrando num ritmo adequado para sua nova situação. E se não faz nenhum exercício físico

Vamos a algumas atividades que podem ser praticadas. 


Caminhada - Caminhar é o exercício ideal para mulheres que eram sedentárias antes da gravidez. Andar ajuda a melhorar o sistema cardiovascular da gestante, disse ele.

Natação - Os esportes aquáticos propiciam conforto às grávidas, com mais de seis meses de gestação, por causa da barriga. Diante de autorização médica, a mulher pode praticar natação sem qualquer risco para o bebê.

Hidroginástica - A hidroginástica é a atividade preferida das gestantes. Por ser dentro da água, elas cansam menos, não há sobrecarga nos pés e melhora as dores na coluna.

Musculação - Se a mulher já frequentava a academia, não precisa parar, mas deve diminuir as cargas dos exercícios para evitar a pressão abdominal. A musculação não provoca o aborto. O profissional que acompanhar o treino da gestante vai passar exercícios que comprimam a barriga ou forcem a curvatura da coluna da mulher. O ideal é que ela faça em uma intensidade que consiga conversar normalmente durante a prática, sem travar a respiração.

Pilates - O pilates não é melhor nem pior para as gestantes dos que os demais exercícios físicos. O que o difere é o fato de ser individual, pois assim a mulher tem um acompanhamento mais detalhado e exclusivo do profissional.

Correr - A mulher que já corria antes de engravidar pode continuar com os exercícios durante a gestação. A diminuição de intensidade vai ocorrer naturalmente, conforme o crescimento da barriga e aumento do peso da grávida. É importante manter o controle da temperatura corporal, a partir do suor - se ele for excessivo significa que a o corpo está demasiado quente e o calor é transmitido ao bebê.

Andar de bicicleta - A atividade não prejudica a gestação, no entanto, a partir de determinado mês, a barriga vai impedir que a mulher pedale com conforto. Outro ponto levantado por Araújo é o risco de queda e acidentes. No entanto, se for uma bicicleta ergométrica não há qualquer risco.

Step - As aulas de step nas academias podem ser frequentadas por grávidas. Porém,  steps muito altos não são indicados para as gestantes. O exercício não aumenta risco de aborto, mas a execução dos passos pode ficar difícil conforme o passar dos meses.

Jump - As atividades sobre a pequena cama elástica estão liberadas, no entanto, com uma restrição. Em vez dos altos saltos, a recomendação é que as grávidas não tirem o pé da cama. Elas podem fazer os movimentos, mas sem saltar. As camas elásticas com corrimão de apoio são mais indicadas para a prática de jump por grávidas.

Yoga - As atividades de origem oriental têm vantagens para as gestantes. A melhora do controle respiratório e postura estão entre elas. As posições da yoga ajudam no estímulo muscular e melhoram as dores na coluna das mulheres grávidas, disse o também educador físico.

Publicao em 22/11/11 e revisada em 25/07/17

Treinamento Funcional para quem fez cirurgia bariátrica




O treinamento funcional tem como princípio preparar o organismo de maneira íntegra, segura e eficiente através do centro corporal, chamado nesse método por CORE.

O atendimento deve ser personalizado e não há contraindicação absoluta, nem limite de idade. Pode ser feito por crianças, para melhora do desenvolvimento motor; adultos saudáveis ou com alguma limitação física, para reabilitação ou manutenção da qualidade de vida; e também idosos, para melhora da coordenação, equilíbrio e força muscular. Os exercícios são realizados com o peso do próprio corpo aliado a aparelhos que geram instabilidade e estimulam a estabilidade articular e o equilíbrio muscular. Sendo que todo o corpo é trabalhado, pois os exercícios são multiarticulares – que envolvem mais de uma articulação e estimulam grupos de músculos.

Para os pacientes que realizaram a cirurgia bariátrica normalmente estão com os movimentos limitados, o programa ajudará a devolver a funcionalidade do corpo à medida que emagrecem.

Entre os benefícios do programa está aliar exercícios aeróbico e anaeróbico com movimentos do dia a dia ou de alguma prática esportiva a gosto do aluno. E especificamente para a criança e o jovem, aquisição de habilidades psicomotoras; e para o idoso, melhora das capacidades funcional e cardiovascular. Já para as gestantes e pessoas com sobrepeso, diminui o inchaço do corpo, relaxa e diminui as dores nas pernas e nas costas.

O Treinamento Funcional é uma ótima pedida para quem fez a cirurgia bariátria e quer se exercitar.

Conheça esse guia que traz 200 exercícios de treinamento funcional e ensina como montar um treino. Não perca!


Benefícios das Atividades Físicas na Água

 

Hoje o interesse em relação às atividades na água aumentou entre estudiosos, professores e pesquisadores das diversas áreas de estudo, como exemplos a Educação Física e suas atividades físicas, a Fisioterapia e suas terapias aquáticas, entre outras, bem como elevados índices de procura e aceitação pela população em geral.

Dentre outras inúmeras características do meio líquido, não menos importante seria sua relação com a Educação Física e a Fisioterapia, haja vista a vasta quantidade de atividades que podem ser realizadas em tal ambiente líquido. Para retratar melhor, perceba a existência da hidroginástica, do pólo aquático, da hidroterapia, da natação, entre outros.

As atividades aquáticas vêm evoluindo de maneira satisfatória de acordo com as exigências da sociedade e do próprio ser humano, sendo uma das modalidades esportivas mais praticadas em academias, clubes, haja vista a quantidade de pessoas que adoram se exercitar em meio líquido.

São inúmeros os benefícios das atividades aquáticas, em diferentes faixas-etárias e respeitando melhoria em diversos níveis:

No aspecto físico, a possibilidade de realizar movimentos sem causar impacto às articulações e tendões, estimulação de toda a musculatura e manutenção do tônus muscular, efeitos benéficos sobre o sistema respiratório e cardiovascular, recuperação de enfermidades, entre outros.

Em relação ao aspecto psicológico, tendência à elevação da autoestima, alívio dos níveis de stress, maior disposição p/ enfrentar as atividades cotidianas, entre outros.

No que tange ao aspecto social, é perceptível como há novas possibilidades de favorecimento das relações interpessoais e consequente aumento dos laços de amizade, interesse em compartilhar experiências e ideais, entre outros.

Tanto é verdade o discutido acima, que a orientação dada por diversos médicos, educadores físicos e fisioterapeutas é para que seus clientes optem pelos benefícios das atividades aquáticas como alternativa ao processo de recuperação de determinada enfermidade ou mesmo como forma de precaução aos diversos males.

A atividade aquática é uma das mais completas pois se trabalha todos os grupos musculares e também a respiração.  Veja esse grupo de Aulas  de Atividades Aquáticas: hidrojump, hidroginástica, hidroginástica em gestantes e hidroterapia para joelhos. Clique aqui!

Material: Shakes Anabólicos



Pessoas que praticam atividades físicas e desejam aumentar a massa muscular, devem ter uma dieta bem rica em calorias, carboidratos. gorduras e proteínas magras. Por isso, uma dieta para hipertrofia deverá ser bem planejada, abundante, saudável e variada.

O problema é que a maioria das pessoas são muito ocupadas durante o dia: estudam, trabalham, fazem cursos, viajam muito, etc., então, é realmente difícil manter uma dieta perfeita ao longo do dia todo, 7x/semana…

Para que os resultados venham rapidamente, nada como inserir em seu plano alimentar um suplemento à base de proteínas (em minhas receitas uso whey protein em todos os shakes) e shakes ricos em ingredientes que irão potencializar seus resultados e facilitar sua adesão ao plano alimentar.

Depois, os Shakes têm vários benefícios para quem procura o aumento de massa muscular, tais como:

  • Um único shake é rico em calorias, proteínas, carboidratos e gorduras boas;
  • As receitas possuem em sua composição ingredientes indispensáveis para o aumento de massa muscular;
  • Podem ser ingeridos em qualquer horário do dia, independente do seu horário de treino – eles são bem flexíveis;
  • São deliciosos, saciam a fome e diminuem a vontade de comer doces

E existem ainda outros benefícios que já vou mostrar a você…

Eu, como atleta, assim como todos os outros atletas de competição ao redor do mundo (homens e mulheres) usamos whey protein em nossas dietas, pois, ele acelera os resultados e nos permite ter uma recuperação muscular muito mais rápida, agilizando o processo de hipertrofia e densidade muscular.

Eu adoro shakes e eles trazem muitos resultados no aumento de massa muscular, DESDE QUE ESTEJAM INSERIDOS EM UM PLANEJAMENTO ALIMENTAR E PROGRAMAÇÃO DE TREINO VISANDO HIPERTROFIA – Procure um nutricionista do esporte para adequar suas refeições e acompanhar sua evolução.Não faça uma dieta à base de líquidos e/ou shakes anabólicos, isso pode ser perigoso!

Meu conselho é: inclua em suas refeições pré e pós-treino alguns shakes, assim você conseguirá ingerir uma gama extra de calorias e nutrientes de uma vez só! E você ainda tem a opção de só ingerir os shakes ou até mesmo ingerir o shake e comer algo sólido em conjunto (isso dependerá de sua fome e de seus resultados).

Porque Todos os Shakes Têm Whey Protein

O whey protein é a proteína do soro do leite que a indústria isolou e transformou num suplemento em pó. Ele é muito comum no meio esportivo, pois além de ser prático, é gostoso, rico em proteínas magras, tem fácil digestão e absorção, é rico em nutrientes, acelera recuperação muscular e ajuda na modelagem do corpo, então é muito usado para fins estéticos por esportistas e atletas.

Por isso, eu inclui Whey Protein em todos os Shakes Anabólicos deste livro.

São 15 Shakes Pré Treino e 15 Shakes Pós Treinos, porque estas são duas refeições muito importantes do seu dia e podem ser substituídas facilmente por um Shake.

Outros Benefícios dos Meus Shakes:

  • Podem ser usados por esportistas e/ou atletas de qualquer idade, sexo, peso ou tipo de treinamento – desde pessoas que entraram na academia hoje até atletas de alto nível;
  • Se você não tiver tempo ou vontade de fazer uma refeição sólida antes ou após os treinos, os shakes serão suficientes para lhe manter bem nutrido e alimentado por 3 horas;
  • Os shakes possuem ingredientes como café, água de coco, pasta de amendoim, mel, frutas secas, amêndoas, açaí, cookies, entre outros alimentos deliciosos, nutritivos e que a maioria das pessoas adora;
  • As pessoas que acordam muito cedo para treinar, podem desfrutar da ingestão de um shake pré treino logo antes de ir para a academia: os shakes são leves, fornecem energia, força, disposição e não pesam no estômago!
  • Os shakes são ricos em fibras – o que melhora o funcionamento intestinal e aparência da pele;
  • Os shakes são ricos em vitaminas, minerais, fibras e antioxidantes;
  • A maioria dos shakes são enriquecidos com alimentos naturalmente anabólicos – isso irá acelerar seus resultados;
  • Todos os ingredientes são práticos, fáceis de encontrar e preparar e grande parte deles possui baixo custo.

Em poucos dias, você já começa a notar melhora na recuperação muscular e ganho de peso!

Treine corretamente com a orientação de um educador físico, faça uma dieta para hipertrofia seguindo a orientação de um nutricionista, durma bem, tome muita água e inclua meus shakes em sua rotina para ver os resultados em pouco tempo!

Lista de Receitas dos Shakes

Aqui ficam todas as receitas para você conhecer o tipo de Shakes que poderá encontrar dentro do livro:

Shakes Pré-Treino

  • Shake doce de banana com nozes (perfeito para quem ama doces)
  • Shakes anabólico com açaí (para aqueles que pegam pesado e sentem muita fome)
  • Shake de prestígio e paçoca
  • Shake de vitamina C (para melhor produção de colágeno)
  • Shake salada de frutas (para quem sente muita sede antes e durante o treino)
  • Shake doce de amêndoas
  • Shake Super-Hiper Calórico (para quem não consegue consumir muitas calorias ao longo do dia)
  • Shake manjar protéico (para quem adora receitas com coco)
  • Shake para energia matinal (perfeito para quem treina logo cedo)
  • Shake da gordura boa (excelente para ganho de massa para aqueles com muita dificuldade)
  • Shake força pura com açaí
  • Shake anabólico mousse de uva
  • Shake sorvete de creme
  • Shake anabólico pavê crocante
  • Shake anabólico refrescante

Shakes Pós-Treino

  • Shake doce de batata doce
  • Shake torta de banana
  • Shake cookies com passas
  • Shake anabólico Romeu e Julieta
  • Shake rápida recuperação muscular (perfeito para quem treina todos os dias e/ou sente dores pós-treino)
  • Shake vasodilatador (tome logo após o treino e consiga manter suas veias dilatadas por mais tempo)
  • Shake chocolate cremoso super protéico (para os amantes de chocolate)
  • Shake laka (para os viciados em chocolate branco)
  • Shake rebastecimento muscular (para aqueles que sentem muita fome após o treino)
  • Shake para reidratação e recuperação (excelente para um pós-treino intenso em um dia muito quente)
  • Shake pós-treino matinal super calórico (para reforçar a refeição da manhã para os que treinam cedo)
  • Shake crocante de abacate
  • Shake brigadeiro branco
  • Shake pavê de pêssego (para os que preferem sabores doces mais suaves)
  • Shake de praia (refrescante, hidrante e calórico!)

Você Pode Fazer Seu Primeiro Shake nos Próximos Minutos

Como o livro é totalmente digital, você pode testar as primeiras receitas logo após o pagamento. Assim que a compra for autorizada, você poderá baixar tudo para o seu computador, e ler na hora!

Garantia

Durante 30 dias pode ler, testar, fazer as receitas e analisar os resultados em seu corpo. Se, por algum motivo, você não estiver totalmente satisfeito com tudo o que vai encontrar, você só precisa enviar um email e seu dinheiro será devolvido integralmente, sem qualquer questão.


Público-Alvo

Praticantes de musculação que precisam de receitas anabólicas para antes e depois do treino.



Clique na imagem para saber o valor do investimento e formas de aquisição.

Visualizar

Informações sobre o Produto:

Criado por  Giovana Guido